Borealcollective Photos & Videos

3 days ago

A young Métis man hunting for ducks on his ancestors’ traditional territory near Fort Chipewyan. As recently as the 1960’s, the First Nation reserve of Fort McKay, on the Athabasca River in northern Alberta’s boreal forest, had no running water, the people lived in shacks, and there were no roads connecting it to the rest of Canada. They sustained themselves through hunting and trapping, as their ancestors had for thousands of years. But as 83-year-old elder Zackary Powder says, “It’s not like it used to be. Everything has changed.” • • Photography by Ian Willms, @ianwillms, a member of the Boreal Collective, @borealcollective. 2015. • • #clashofthecanadians #environment #oilsands #space #government #energy #cleanenergy #firstnation #native #indigenous #aboriginal #nativeamericans #loving #land #gold #canada #hunting #northernlights #Chipewyan #cemetery #aurora #fortmckay #alberta #waterislife #nature #forest #borealcollective #photooftheday #narratively at Fort Chipewyan, Alberta

380
4 days ago

The investigations are slow. Despite the various evidences and circumstances ascertained, there is no one answer and the feeling of indignation remains strong. The widow of Marielle and her friends fight every day so that impunity does not prevail. #mariellefranco #mariellevive #rio #photojournalism #magnumphotos #viiphotos #noorimages #burnmagazine #borealcollective #jornalismo #comunidade #fotojornalismo #fotoperiodismo #photojournalisme #everydaylatinamerica #everydaybrasil #thephotosociety #lensculture #natgeo #hanslucas #shootermag #icphotog #afpphoto #apphoto #ap #apimages #reuters #gettyimages #canon

210
4 days ago

The bare backs of two sisters. A symbolic example of the fragility of minorities that when they have a representative in a space of politics and power, they lose it in a cowardly execution. #mariellefranco #mariellevive #rio #photojournalism #magnumphotos #viiphotos #noorimages #burnmagazine #borealcollective #jornalismo #comunidade #fotojornalismo #fotoperiodismo #photojournalisme #everydaylatinamerica #everydaybrasil #thephotosociety #lensculture #natgeo #hanslucas #shootermag #icphotog #afpphoto #apphoto #ap #apimages #reuters #gettyimages #canon

200
4 days ago

This year was marked by the relativization of human rights and the understanding of fascism. Brazilian elections have distorted historical meanings and we are experiencing a period of fear of the future. By all indications, we will have a resumption of fascist precepts so present in the 1960s during the dictatorship. #mariellefranco #mariellevive #rio #photojournalism #magnumphotos #viiphotos #noorimages #burnmagazine #borealcollective #jornalismo #comunidade #fotojornalismo #fotoperiodismo #photojournalisme #everydaylatinamerica #everydaybrasil #thephotosociety #lensculture #natgeo #hanslucas #shootermag #icphotog #afpphoto #apphoto #ap #apimages #reuters #gettyimages #canon

270
4 days ago

Faz nove meses que isso tudo aconteceu. Ainda muita dúvida paira no ar e a injustiça só se fortalece. - #mariellefranco #mariellevive #rio #photojournalism #magnumphotos #viiphotos #noorimages #burnmagazine #borealcollective #jornalismo #comunidade #fotojornalismo #fotoperiodismo #photojournalisme #everydaylatinamerica #everydaybrasil #thephotosociety #lensculture #natgeo #hanslucas #shootermag #icphotog #afpphoto #apphoto #ap #apimages #reuters #gettyimages #canon The arrival of the coffin with the bodies of the Vereadora Marielle Franco and the driver Anderson Pedro Gomes to be veiled within the Legislative Assembly of Rio de Janeiro. One of the most important moments in the recent history of the country.

260
4 days ago

A memória se fragmenta. Em pedaços se despede de uma realidade que um dia se fez real. A fotografia nas suas bipolaridades artística/documental pode ser essa ferramenta transcendental entre aquilo que você viveu e aquele que você é, hoje. Tempo atrás, uma viagem se tornava uma ilustração. Depois, uma chapa de prata. Então, finalmente, era emulsionada em gelatina. Transferida para o papel. Era um rolo de filme de 12 poses. De 36. Asa 400. Um cartão de dois mega. Um cartão de quatro gigas. Cento e vinte e oito gigas de fotografias. Iso 10200. Há um excesso traduzido em milhares de registros. Que assim como nosso próprios registros, se perdem na ordem, ou na importância, nas hierarquias, nas conexões. O tempo afasta tudo. Naufragam em um mar e toda a importância daquele momento se torna banal. Em 2010 eu vivi por quase quatro meses nos Estados Unidos. Por um descuido, a memória dessa vivência quase se foi. Queimei o HD. Os arquivos se foram antes mesmo de chegarem nas nuvens. Entre pedaços de backups e arquivos perdidos em outros lugares, uma nova viagem se forma. Anos depois, reinventados, os arquivos em baixa resolução se multiplicaram e em um ensaio análogo a memória e a lembrança, ressurgiram em um projeto fotográfico de um arquivo queimado. . . #usa #memoria #magnumphotos #viiphotos #noorimages #burnmagazine #borealcollective #everydaylatinamerica #everydaybrasil #thephotosociety #lensculture #natgeo #hanslucas #shootermag #icphotog #afpphoto #apphoto #ap #apimages #reuters #gettyimages #canon #artproject #memory #americam

121
4 days ago

A memória se fragmenta. Em pedaços se despede de uma realidade que um dia se fez real. A fotografia nas suas bipolaridades artística/documental pode ser essa ferramenta transcendental entre aquilo que você viveu e aquele que você é, hoje. Tempo atrás, uma viagem se tornava uma ilustração. Depois, uma chapa de prata. Então, finalmente, era emulsionada em gelatina. Transferida para o papel. Era um rolo de filme de 12 poses. De 36. Asa 400. Um cartão de dois mega. Um cartão de quatro gigas. Cento e vinte e oito gigas de fotografias. Iso 10200. Há um excesso traduzido em milhares de registros. Que assim como nosso próprios registros, se perdem na ordem, ou na importância, nas hierarquias, nas conexões. O tempo afasta tudo. Naufragam em um mar e toda a importância daquele momento se torna banal. Em 2010 eu vivi por quase quatro meses nos Estados Unidos. Por um descuido, a memória dessa vivência quase se foi. Queimei o HD. Os arquivos se foram antes mesmo de chegarem nas nuvens. Entre pedaços de backups e arquivos perdidos em outros lugares, uma nova viagem se forma. Anos depois, reinventados, os arquivos em baixa resolução se multiplicaram e em um ensaio análogo a memória e a lembrança, ressurgiram em um projeto fotográfico de um arquivo queimado. . . #usa #memoria #magnumphotos #viiphotos #noorimages #burnmagazine #borealcollective #everydaylatinamerica #everydaybrasil #thephotosociety #lensculture #natgeo #hanslucas #shootermag #icphotog #afpphoto #apphoto #ap #apimages #reuters #gettyimages #canon #artproject #memory #americam

181
4 days ago

A memória se fragmenta. Em pedaços se despede de uma realidade que um dia se fez real. A fotografia nas suas bipolaridades artística/documental pode ser essa ferramenta transcendental entre aquilo que você viveu e aquele que você é, hoje. Tempo atrás, uma viagem se tornava uma ilustração. Depois, uma chapa de prata. Então, finalmente, era emulsionada em gelatina. Transferida para o papel. Era um rolo de filme de 12 poses. De 36. Asa 400. Um cartão de dois mega. Um cartão de quatro gigas. Cento e vinte e oito gigas de fotografias. Iso 10200. Há um excesso traduzido em milhares de registros. Que assim como nossos próprios registros mentais, se perdem na ordem, na importância, nas hierarquias, nas conexões. O tempo afasta tudo. Naufragam em um mar e toda a importância daquele momento se torna banal. Em 2010 eu vivi por quase quatro meses nos Estados Unidos. Por um descuido, a memória dessa vivência quase se foi. Queimei o HD. Os arquivos se foram antes mesmo de chegarem nas nuvens. Entre pedaços de backups e arquivos perdidos em outros lugares, uma nova viagem se forma. Anos depois, reinventados, os arquivos em baixa resolução se multiplicaram e em um ensaio análogo a memória e a lembrança, ressurgiram em um projeto fotográfico de um arquivo queimado. . . #usa #memoria #magnumphotos #viiphotos #noorimages #burnmagazine #borealcollective #everydaylatinamerica #everydaybrasil #thephotosociety #lensculture #natgeo #hanslucas #shootermag #icphotog #afpphoto #apphoto #ap #apimages #reuters #gettyimages #canon #artproject #memory #americam at Park City, Utah

251
4 days ago

A memória se fragmenta. Em pedaços se despede de uma realidade que um dia se fez real. A fotografia nas suas bipolaridades artística/documental pode ser essa ferramenta transcendental entre aquilo que você viveu e aquele que você é, hoje. Tempo atrás, uma viagem se tornava uma ilustração. Depois, uma chapa de prata. Então, finalmente, era emulsionada em gelatina. Transferida para o papel. Era um rolo de filme de 12 poses. De 36. Asa 400. Um cartão de dois mega. Um cartão de quatro gigas. Cento e vinte e oito gigas de fotografias. Iso 10200. Há um excesso traduzido em milhares de registros. Que assim como nossos próprios registros mentais, se perdem na ordem, na importância, nas hierarquias, nas conexões. O tempo afasta tudo. Naufragam em um mar e toda a importância daquele momento se torna banal. Em 2010 eu vivi por quase quatro meses nos Estados Unidos. Por um descuido, a memória dessa vivência quase se foi. Queimei o HD. Os arquivos se foram antes mesmo de chegarem nas nuvens. Entre pedaços de backups e arquivos perdidos em outros lugares, uma nova viagem se forma. Anos depois, reinventados, os arquivos em baixa resolução se multiplicaram e em um ensaio análogo a memória e a lembrança, ressurgiram em um projeto fotográfico de um arquivo queimado. . . #usa #memoria #magnumphotos #viiphotos #noorimages #burnmagazine #borealcollective #everydaylatinamerica #everydaybrasil #thephotosociety #lensculture #natgeo #hanslucas #shootermag #icphotog #afpphoto #apphoto #ap #apimages #reuters #gettyimages #canon #artproject #memory #americam at San Francisco - Chinatown

180
4 days ago

A memória se fragmenta. Em pedaços se despede de uma realidade que um dia se fez real. A fotografia nas suas bipolaridades artística/documental pode ser essa ferramenta transcendental entre aquilo que você viveu e aquele que você é, hoje. Tempo atrás, uma viagem se tornava uma ilustração. Depois, uma chapa de prata. Então, finalmente, era emulsionada em gelatina. Transferida para o papel. Era um rolo de filme de 12 poses. De 36. Asa 400. Um cartão de dois mega. Um cartão de quatro gigas. Cento e vinte e oito gigas de fotografias. Iso 10200. Há um excesso traduzido em milhares de registros. Que assim como nossos próprios registros mentais, se perdem na ordem, na importância, nas hierarquias, nas conexões. O tempo afasta tudo. Naufragam em um mar e toda a importância daquele momento se torna banal. Em 2010 eu vivi por quase quatro meses nos Estados Unidos. Por um descuido, a memória dessa vivência quase se foi. Queimei o HD. Os arquivos se foram antes mesmo de chegarem nas nuvens. Entre pedaços de backups e arquivos perdidos em outros lugares, uma nova viagem se forma. Anos depois, reinventados, os arquivos em baixa resolução se multiplicaram e em um ensaio análogo a memória e a lembrança, ressurgiram em um projeto fotográfico de um arquivo queimado. . . #usa #memoria #magnumphotos #viiphotos #noorimages #burnmagazine #borealcollective #everydaylatinamerica #everydaybrasil #thephotosociety #lensculture #natgeo #hanslucas #shootermag #icphotog #afpphoto #apphoto #ap #apimages #reuters #gettyimages #canon #artproject #memory #americam at Downtown Los Angeles

150
5 days ago

A memória se fragmenta. Em pedaços se despede de uma realidade que um dia se fez real. A fotografia nas suas bipolaridades artística/documental pode ser essa ferramenta transcendental entre aquilo que você viveu e aquele que você é, hoje. Tempo atrás, uma viagem se tornava uma ilustração. Depois, uma chapa de prata. Então, finalmente, era emulsionada em gelatina. Transferida para o papel. Era um rolo de filme de 12 poses. De 36. Asa 400. Um cartão de dois mega. Um cartão de quatro gigas. Cento e vinte e oito gigas de fotografias. Iso 10200. Há um excesso traduzido em milhares de registros. Que assim como nosso próprios registros, se perdem na ordem, ou na importância, nas hierarquias, nas conexões. O tempo afasta tudo. Naufragam em um mar e toda a importância daquele momento se torna banal. Em 2010 eu vivi por quase quatro meses nos Estados Unidos. Por um descuido, a memória dessa vivência quase se foi. Queimei o HD. Os arquivos se foram antes mesmo de chegarem nas nuvens. Entre pedaços de backups e arquivos perdidos em outros lugares, uma nova viagem se forma. Anos depois, reinventados, os arquivos em baixa resolução se multiplicaram e em um ensaio análogo a memória e a lembrança, ressurgiram em um projeto fotográfico de um arquivo queimado. . . #usa #memoria #magnumphotos #viiphotos #noorimages #burnmagazine #borealcollective #everydaylatinamerica #everydaybrasil #thephotosociety #lensculture #natgeo #hanslucas #shootermag #icphotog #afpphoto #apphoto #ap #apimages #reuters #gettyimages #canon #artproject #memory #americam at Bear Valley, California

161
5 days ago

A memória se fragmenta. Em pedaços se despede de uma realidade que um dia se fez real. A fotografia nas suas bipolaridades artística/documental pode ser essa ferramenta transcendental entre aquilo que você viveu e aquele que você é, hoje. Tempo atrás, uma viagem se tornava uma ilustração. Depois, uma chapa de prata. Então, finalmente, era emulsionada em gelatina. Transferida para o papel. Era um rolo de filme de 12 poses. De 36. Asa 400. Um cartão de dois mega. Um cartão de quatro gigas. Cento e vinte e oito gigas de fotografias. Iso 10200. Há um excesso traduzido em milhares de registros. Que assim como nosso próprios registros, se perdem na ordem, ou na importância, nas hierarquias, nas conexões. O tempo afasta tudo. Naufragam em um mar e toda a importância daquele momento se torna banal. Em 2010 eu vivi por quase quatro meses nos Estados Unidos. Por um descuido, a memória dessa vivência quase se foi. Queimei o HD. Os arquivos se foram antes mesmo de chegarem nas nuvens. Entre pedaços de backups e arquivos perdidos em outros lugares, uma nova viagem se forma. Anos depois, reinventados, os arquivos em baixa resolução se multiplicaram e em um ensaio análogo a memória e a lembrança, ressurgiram em um projeto fotográfico de um arquivo queimado. . . #usa #memoria #magnumphotos #viiphotos #noorimages #burnmagazine #borealcollective #everydaylatinamerica #everydaybrasil #thephotosociety #lensculture #natgeo #hanslucas #shootermag #icphotog #afpphoto #apphoto #ap #apimages #reuters #gettyimages #canon #artproject #memory #americam at San Francisco, California

180
5 days ago

A memória se fragmenta. Em pedaços se despede de uma realidade que um dia se fez real. A fotografia nas suas bipolaridades artística/documental pode ser essa ferramenta transcendental entre aquilo que você viveu e aquele que você é, hoje. Tempo atrás, uma viagem se tornava uma ilustração. Depois, uma chapa de prata. Então, finalmente, era emulsionada em gelatina. Transferida para o papel. Era um rolo de filme de 12 poses. De 36. Asa 400. Um cartão de dois mega. Um cartão de quatro gigas. Cento e vinte e oito gigas de fotografias. Iso 10200. Há um excesso traduzido em milhares de registros. Que assim como nosso próprios registros, se perdem na ordem, ou na importância, nas hierarquias, nas conexões. O tempo afasta tudo. Naufragam em um mar e toda a importância daquele momento se torna banal. Em 2010 eu vivi por quase quatro meses nos Estados Unidos. Por um descuido, a memória dessa vivência quase se foi. Queimei o HD. Os arquivos se foram antes mesmo de chegarem nas nuvens. Entre pedaços de backups e arquivos perdidos em outros lugares, uma nova viagem se forma. Anos depois, reinventados, os arquivos em baixa resolução se multiplicaram e em um ensaio análogo a memória e a lembrança, ressurgiram em um projeto fotográfico de um arquivo queimado. . . #usa #memoria #magnumphotos #viiphotos #noorimages #burnmagazine #borealcollective #everydaylatinamerica #everydaybrasil #thephotosociety #lensculture #natgeo #hanslucas #shootermag #icphotog #afpphoto #apphoto #ap #apimages #reuters #gettyimages #canon #artproject #memory #americam at New York Met Museum

131
5 days ago

A memória se fragmenta. Em pedaços se despede de uma realidade que um dia se fez real. A fotografia nas suas bipolaridades artística/documental pode ser essa ferramenta transcendental entre aquilo que você viveu e aquele que você é, hoje. Tempo atrás, uma viagem se tornava uma ilustração. Depois, uma chapa de prata. Então, finalmente, era emulsionada em gelatina. Transferida para o papel. Era um rolo de filme de 12 poses. De 36. Asa 400. Um cartão de dois mega. Um cartão de quatro gigas. Cento e vinte e oito gigas de fotografias. Iso 10200. Há um excesso traduzido em milhares de registros. Que assim como nosso próprios registros, se perdem na ordem, ou na importância, nas hierarquias, nas conexões. O tempo afasta tudo. Naufragam em um mar e toda a importância daquele momento se torna banal. Em 2010 eu vivi por quase quatro meses nos Estados Unidos. Por um descuido, a memória dessa vivência quase se foi. Queimei o HD. Os arquivos se foram antes mesmo de chegarem nas nuvens. Entre pedaços de backups e arquivos perdidos em outros lugares, uma nova viagem se forma. Anos depois, reinventados, os arquivos em baixa resolução se multiplicaram e em um ensaio análogo a memória e a lembrança, ressurgiram em um projeto fotográfico de um arquivo queimado. . . #usa #memoria #magnumphotos #viiphotos #noorimages #burnmagazine #borealcollective #everydaylatinamerica #everydaybrasil #thephotosociety #lensculture #natgeo #hanslucas #shootermag #icphotog #afpphoto #apphoto #ap #apimages #reuters #gettyimages #canon #artproject #memory #americam at San Francisco, California

141
5 days ago

A memória se fragmenta. Em pedaços se despede de uma realidade que um dia se fez real. A fotografia nas suas bipolaridades artística/documental pode ser essa ferramenta transcendental entre aquilo que você viveu e aquele que você é, hoje. Tempo atrás, uma viagem se tornava uma ilustração. Depois, uma chapa de prata. Então, finalmente, era emulsionada em gelatina. Transferida para o papel. Era um rolo de filme de 12 poses. De 36. Asa 400. Um cartão de dois mega. Um cartão de quatro gigas. Cento e vinte e oito gigas de fotografias. Iso 10200. Há um excesso traduzido em milhares de registros. Que assim como nossos próprios registros mentais, se perdem na ordem, na importância, nas hierarquias, nas conexões. O tempo afasta tudo. Naufragam em um mar e toda a importância daquele momento se torna banal. Em 2010 eu vivi por quase quatro meses nos Estados Unidos. Por um descuido, a memória dessa vivência quase se foi. Queimei o HD. Os arquivos se foram antes mesmo de chegarem nas nuvens. Entre pedaços de backups e arquivos perdidos em outros lugares, uma nova viagem se forma. Anos depois, reinventados, os arquivos em baixa resolução se multiplicaram e em um ensaio análogo a memória e a lembrança, ressurgiram em um projeto fotográfico de um arquivo queimado. . . #usa #memoria #magnumphotos #viiphotos #noorimages #burnmagazine #borealcollective #everydaylatinamerica #everydaybrasil #thephotosociety #lensculture #natgeo #hanslucas #shootermag #icphotog #afpphoto #apphoto #ap #apimages #reuters #gettyimages #canon #artproject #memory #americam at Santa Monica, California

111
5 days ago

A memória se fragmenta. Em pedaços se despede de uma realidade que um dia se fez real. A fotografia nas suas bipolaridades artística/documental pode ser essa ferramenta transcendental entre aquilo que você viveu e aquele que você é, hoje. Tempo atrás, uma viagem se tornava uma ilustração. Depois, uma chapa de prata. Então, finalmente, era emulsionada em gelatina. Transferida para o papel. Era um rolo de filme de 12 poses. De 36. Asa 400. Um cartão de dois mega. Um cartão de quatro gigas. Cento e vinte e oito gigas de fotografias. Iso 10200. Há um excesso traduzido em milhares de registros. Que assim como nosso próprios registros, se perdem na ordem, ou na importância, nas hierarquias, nas conexões. O tempo afasta tudo. Naufragam em um mar e toda a importância daquele momento se torna banal. Em 2010 eu vivi por quase quatro meses nos Estados Unidos. Por um descuido, a memória dessa vivência quase se foi. Queimei o HD. Os arquivos se foram antes mesmo de chegarem nas nuvens. Entre pedaços de backups e arquivos perdidos em outros lugares, uma nova viagem se forma. Anos depois, reinventados, os arquivos em baixa resolução se multiplicaram e em um ensaio análogo a memória e a lembrança, ressurgiram em um projeto fotográfico de um arquivo queimado. . . #usa #memoria #magnumphotos #viiphotos #noorimages #burnmagazine #borealcollective #everydaylatinamerica #everydaybrasil #thephotosociety #lensculture #natgeo #hanslucas #shootermag #icphotog #afpphoto #apphoto #ap #apimages #reuters #gettyimages #canon #artproject #memory #americam at New York, New York

100
5 days ago

A memória se fragmenta. Em pedaços se despede de uma realidade que um dia se fez real. A fotografia nas suas bipolaridades artística/documental pode ser essa ferramenta transcendental entre aquilo que você viveu e aquele que você é, hoje. Tempo atrás, uma viagem se tornava uma ilustração. Depois, uma chapa de prata. Então, finalmente, era emulsionada em gelatina. Transferida para o papel. Era um rolo de filme de 12 poses. De 36. Asa 400. Um cartão de dois mega. Um cartão de quatro gigas. Cento e vinte e oito gigas de fotografias. Iso 10200. Há um excesso traduzido em milhares de registros. Que assim como nosso próprios registros, se perdem na ordem, ou na importância, nas hierarquias, nas conexões. O tempo afasta tudo. Naufragam em um mar e toda a importância daquele momento se torna banal. Em 2010 eu vivi por quase quatro meses nos Estados Unidos. Por um descuido, a memória dessa vivência quase se foi. Queimei o HD. Os arquivos se foram antes mesmo de chegarem nas nuvens. Entre pedaços de backups e arquivos perdidos em outros lugares, uma nova viagem se forma. Anos depois, reinventados, os arquivos em baixa resolução se multiplicaram e em um ensaio análogo a memória e a lembrança, ressurgiram em um projeto fotográfico de um arquivo queimado. . . #usa #memoria #magnumphotos #viiphotos #noorimages #burnmagazine #borealcollective #everydaylatinamerica #everydaybrasil #thephotosociety #lensculture #natgeo #hanslucas #shootermag #icphotog #afpphoto #apphoto #ap #apimages #reuters #gettyimages #canon #artproject #memory #americam

120
5 days ago

A memória se fragmenta. Em pedaços se despede de uma realidade que um dia se fez real. A fotografia nas suas bipolaridades artística/documental pode ser essa ferramenta transcendental entre aquilo que você viveu e aquele que você é, hoje. Tempo atrás, uma viagem se tornava uma ilustração. Depois, uma chapa de prata. Então, finalmente, era emulsionada em gelatina. Transferida para o papel. Era um rolo de filme de 12 poses. De 36. Asa 400. Um cartão de dois mega. Um cartão de quatro gigas. Cento e vinte e oito gigas de fotografias. Iso 10200. Há um excesso traduzido em milhares de registros. Que assim como nosso próprios registros, se perdem na ordem, ou na importância, nas hierarquias, nas conexões. O tempo afasta tudo. Naufragam em um mar e toda a importância daquele momento se torna banal. Em 2010 eu vivi por quase quatro meses nos Estados Unidos. Por um descuido, a memória dessa vivência quase se foi. Queimei o HD. Os arquivos se foram antes mesmo de chegarem nas nuvens. Entre pedaços de backups e arquivos perdidos em outros lugares, uma nova viagem se forma. Anos depois, reinventados, os arquivos em baixa resolução se multiplicaram e em um ensaio análogo a memória e a lembrança, ressurgiram em um projeto fotográfico de um arquivo queimado. . . #usa #memoria #magnumphotos #viiphotos #noorimages #burnmagazine #borealcollective #everydaylatinamerica #everydaybrasil #thephotosociety #lensculture #natgeo #hanslucas #shootermag #icphotog #afpphoto #apphoto #ap #apimages #reuters #gettyimages #canon #artproject #memory #americam

131
5 days ago

A memória se fragmenta. Em pedaços se despede de uma realidade que um dia se fez real. A fotografia nas suas bipolaridades artística/documental pode ser essa ferramenta transcendental entre aquilo que você viveu e aquele que você é, hoje. Tempo atrás, uma viagem se tornava uma ilustração. Depois, uma chapa de prata. Então, finalmente, era emulsionada em gelatina. Transferida para o papel. Era um rolo de filme de 12 poses. De 36. Asa 400. Um cartão de dois mega. Um cartão de quatro gigas. Cento e vinte e oito gigas de fotografias. Iso 10200. Há um excesso traduzido em milhares de registros. Que assim como nosso próprios registros, se perdem na ordem, ou na importância, nas hierarquias, nas conexões. O tempo afasta tudo. Naufragam em um mar e toda a importância daquele momento se torna banal. Em 2010 eu vivi por quase quatro meses nos Estados Unidos. Por um descuido, a memória dessa vivência quase se foi. Queimei o HD. Os arquivos se foram antes mesmo de chegarem nas nuvens. Entre pedaços de backups e arquivos perdidos em outros lugares, uma nova viagem se forma. Anos depois, reinventados, os arquivos em baixa resolução se multiplicaram e em um ensaio análogo a memória e a lembrança, ressurgiram em um projeto fotográfico de um arquivo queimado. . . #usa #memoria #magnumphotos #viiphotos #noorimages #burnmagazine #borealcollective #everydaylatinamerica #everydaybrasil #thephotosociety #lensculture #natgeo #hanslucas #shootermag #icphotog #afpphoto #apphoto #ap #apimages #reuters #gettyimages #canon #artproject #memory #americam

101
5 days ago

Portrait of federal intervention in Rio de Janeiro during the month of May. The Brazilian army occupied the community of Vila Kennedy in a kind of laboratory. The solution was palliative. Little by little, the violence began to re-establish itself. . .Retrato da intervenção federal no Rio de Janeiro durante o mês de maio. O exército brasileiro ocupou a comunidade da Vila Kennedy em uma espécie de laboratório contra a violência. #photojournalism #magnumphotos #viiphotos #noorimages #burnmagazine #borealcollective #jornalismo #vilakennedy #comunidade #fotojornalismo #fotoperiodismo #photojournalisme #everydaylatinamerica #everydaybrasil #picoftheday #thephotosociety #lensculture #natgeo #hanslucas #shootermag #icphotog #afpphoto #apphoto #ap #apimages #reuters #gettyimages #canon

320
5 days ago

Portrait of federal intervention in Rio de Janeiro during the month of May. The Brazilian army occupied the community of Vila Kennedy in a kind of laboratory. The solution was palliative. Little by little, the violence began to re-establish itself. . .Retrato da intervenção federal no Rio de Janeiro durante o mês de maio. O exército brasileiro ocupou a comunidade da Vila Kennedy em uma espécie de laboratório contra a violência. #photojournalism #magnumphotos #viiphotos #noorimages #burnmagazine #borealcollective #jornalismo #vilakennedy #comunidade #fotojornalismo #fotoperiodismo #photojournalisme #everydaylatinamerica #everydaybrasil #picoftheday #thephotosociety #lensculture #natgeo #hanslucas #shootermag #icphotog #afpphoto #apphoto #ap #apimages #reuters #gettyimages #canon

150
5 days ago

Portrait of federal intervention in Rio de Janeiro during the month of May. The Brazilian army occupied the community of Vila Kennedy in a kind of laboratory. The solution was palliative. Little by little, the violence began to re-establish itself. . .Retrato da intervenção federal no Rio de Janeiro durante o mês de maio. O exército brasileiro ocupou a comunidade da Vila Kennedy em uma espécie de laboratório contra a violência. #photojournalism #magnumphotos #viiphotos #noorimages #burnmagazine #borealcollective #jornalismo #vilakennedy #comunidade #fotojornalismo #fotoperiodismo #photojournalisme #everydaylatinamerica #everydaybrasil #picoftheday #thephotosociety #lensculture #natgeo #hanslucas #shootermag #icphotog #afpphoto #apphoto #ap #apimages #reuters #gettyimages #canon

320
5 days ago

Portrait of federal intervention in Rio de Janeiro during the month of May. The Brazilian army occupied the community of Vila Kennedy in a kind of laboratory. The solution was palliative. Little by little, the violence began to re-establish itself. . .Retrato da intervenção federal no Rio de Janeiro durante o mês de maio. O exército brasileiro ocupou a comunidade da Vila Kennedy em uma espécie de laboratório contra a violência. #photojournalism #magnumphotos #viiphotos #noorimages #burnmagazine #borealcollective #jornalismo #vilakennedy #comunidade #fotojornalismo #fotoperiodismo #photojournalisme #everydaylatinamerica #everydaybrasil #picoftheday #thephotosociety #lensculture #natgeo #hanslucas #shootermag #icphotog #afpphoto #apphoto #ap #apimages #reuters #gettyimages #canon

250
5 days ago

Portrait of federal intervention in Rio de Janeiro during the month of May. The Brazilian army occupied the community of Vila Kennedy in a kind of laboratory. The solution was palliative. Little by little, the violence began to re-establish itself. . .Retrato da intervenção federal no Rio de Janeiro durante o mês de maio. O exército brasileiro ocupou a comunidade da Vila Kennedy em uma espécie de laboratório contra a violência. #photojournalism #magnumphotos #viiphotos #noorimages #burnmagazine #borealcollective #jornalismo #vilakennedy #comunidade #fotojornalismo #fotoperiodismo #photojournalisme #everydaylatinamerica #everydaybrasil #picoftheday #thephotosociety #lensculture #natgeo #hanslucas #shootermag #icphotog #afpphoto #apphoto #ap #apimages #reuters #gettyimages #canon

210
5 days ago

Portrait of federal intervention in Rio de Janeiro during the month of May. The Brazilian army occupied the community of Vila Kennedy in a kind of laboratory. The solution was palliative. Little by little, the violence began to re-establish itself. . .Retrato da intervenção federal no Rio de Janeiro durante o mês de maio. O exército brasileiro ocupou a comunidade da Vila Kennedy em uma espécie de laboratório contra a violência. #photojournalism #magnumphotos #viiphotos #noorimages #burnmagazine #borealcollective #jornalismo #vilakennedy #comunidade #fotojornalismo #fotoperiodismo #photojournalisme #everydaylatinamerica #everydaybrasil #picoftheday #thephotosociety #lensculture #natgeo #hanslucas #shootermag #icphotog #afpphoto #apphoto #ap #apimages #reuters #gettyimages #canon

220
5 days ago

Portrait of federal intervention in Rio de Janeiro during the month of May. The Brazilian army occupied the community of Vila Kennedy in a kind of laboratory. The solution was palliative. Little by little, the violence began to re-establish itself. . .Retrato da intervenção federal no Rio de Janeiro durante o mês de maio. O exército brasileiro ocupou a comunidade da Vila Kennedy em uma espécie de laboratório contra a violência. #photojournalism #magnumphotos #viiphotos #noorimages #burnmagazine #borealcollective #jornalismo #vilakennedy #comunidade #fotojornalismo #fotoperiodismo #photojournalisme #everydaylatinamerica #everydaybrasil #picoftheday #thephotosociety #lensculture #natgeo #hanslucas #shootermag #icphotog #afpphoto #apphoto #ap #apimages #reuters #gettyimages #canon

330
5 days ago

Rhynna Santos presents the Bronx Junior Photo League students’ project “Journeys: Immigration Stories” an audience in Coxcatlan, Mexico. Rhynna is representing the BDC at this year’s Boreal Bash, where she is leading workshops on community-based and led photography. #bronxjuniorphotoleague#Repost @rhynnasantos ・・・ mx - Presenting the BJPL project Journeys: Immigration Stories to #Coxcatlan residents. Photos by @zoniazena, @lbutetroch @ianwillms #borealbash2018 #borealcollective #borealbash #mexico #notthebronx

910
5 days ago

Portrait of federal intervention in Rio de Janeiro during the month of May. The Brazilian army occupied the community of Vila Kennedy in a kind of laboratory. The solution was palliative. Little by little, the violence began to re-establish itself. . .Retrato da intervenção federal no Rio de Janeiro durante o mês de maio. O exército brasileiro ocupou a comunidade da Vila Kennedy em uma espécie de laboratório contra a violência. #photojournalism #magnumphotos #viiphotos #noorimages #burnmagazine #borealcollective #jornalismo #vilakennedy #comunidade #fotojornalismo #fotoperiodismo #photojournalisme #everydaylatinamerica #everydaybrasil #picoftheday #thephotosociety #lensculture #natgeo #hanslucas #shootermag #icphotog #afpphoto #apphoto #ap #apimages #reuters #gettyimages #canon

312
5 days ago

Portrait of federal intervention in Rio de Janeiro during the month of May. The Brazilian army occupied the community of Vila Kennedy in a kind of laboratory. The solution was palliative. Little by little, the violence began to re-establish itself. . .Retrato da intervenção federal no Rio de Janeiro durante o mês de maio. O exército brasileiro ocupou a comunidade da Vila Kennedy em uma espécie de laboratório contra a violência. #photojournalism #magnumphotos #viiphotos #noorimages #burnmagazine #borealcollective #jornalismo #vilakennedy #comunidade #fotojornalismo #fotoperiodismo #photojournalisme #everydaylatinamerica #everydaybrasil #picoftheday #thephotosociety #lensculture #natgeo #hanslucas #shootermag #icphotog #afpphoto #apphoto #ap #apimages #reuters #gettyimages #canon

260
5 days ago

Portrait of federal intervention in Rio de Janeiro during the month of May. The Brazilian army occupied the community of Vila Kennedy in a kind of laboratory. The solution was palliative. Little by little, the violence began to re-establish itself. . .Retrato da intervenção federal no Rio de Janeiro durante o mês de maio. O exército brasileiro ocupou a comunidade da Vila Kennedy em uma espécie de laboratório contra a violência. #photojournalism #magnumphotos #viiphotos #noorimages #burnmagazine #borealcollective #jornalismo #vilakennedy #comunidade #fotojornalismo #fotoperiodismo #photojournalisme #everydaylatinamerica #everydaybrasil #picoftheday #thephotosociety #lensculture #natgeo #hanslucas #shootermag #icphotog #afpphoto #apphoto #ap #apimages #reuters #gettyimages #canon #vk

250
6 days ago

Portrait of federal intervention in Rio de Janeiro during the month of May. The Brazilian army occupied the community of Vila Kennedy in a kind of laboratory. The solution was palliative. Little by little, the violence began to re-establish itself. . .Retrato da intervenção federal no Rio de Janeiro durante o mês de maio. O exército brasileiro ocupou a comunidade da Vila Kennedy em uma espécie de laboratório contra a violência. #photojournalism #magnumphotos #viiphotos #noorimages #burnmagazine #borealcollective #jornalismo #vilakennedy #comunidade #fotojornalismo #fotoperiodismo #photojournalisme #everydaylatinamerica #everydaybrasil #picoftheday #thephotosociety #lensculture #natgeo #hanslucas #shootermag #icphotog #afpphoto #apphoto #ap #apimages #reuters #gettyimages #canon

311
6 days ago

Portrait of federal intervention in Rio de Janeiro during the month of May. The Brazilian army occupied the community of Vila Kennedy in a kind of laboratory. The solution was palliative. Little by little, the violence began to re-establish itself. . .Retrato da intervenção federal no Rio de Janeiro durante o mês de maio. O exército brasileiro ocupou a comunidade da Vila Kennedy em uma espécie de laboratório contra a violência. #photojournalism #magnumphotos #viiphotos #noorimages #burnmagazine #borealcollective #jornalismo #vilakennedy #comunidade #fotojornalismo #fotoperiodismo #photojournalisme #everydaylatinamerica #everydaybrasil #picoftheday #thephotosociety #lensculture #natgeo #hanslucas #shootermag #icphotog #afpphoto #apphoto #ap #apimages #reuters #gettyimages #canon

230
6 days ago

Portrait of federal intervention in Rio de Janeiro during the month of May. The Brazilian army occupied the community of Vila Kennedy in a kind of laboratory. The solution was palliative. Little by little, the violence began to re-establish itself. . .Retrato da intervenção federal no Rio de Janeiro durante o mês de maio. O exército brasileiro ocupou a comunidade da Vila Kennedy em uma espécie de laboratório contra a violência. #photojournalism #magnumphotos #viiphotos #noorimages #burnmagazine #borealcollective #jornalismo #vilakennedy #comunidade #fotojornalismo #fotoperiodismo #photojournalisme #everydaylatinamerica #everydaybrasil #picoftheday #thephotosociety #lensculture #natgeo #hanslucas #shootermag #icphotog #afpphoto #apphoto #ap #apimages #reuters #gettyimages #canon

421
6 days ago

Portrait of federal intervention in Rio de Janeiro during the month of May. The Brazilian army occupied the community of Vila Kennedy in a kind of laboratory. The solution was palliative. Little by little, the violence began to re-establish itself. . .Retrato da intervenção federal no Rio de Janeiro durante o mês de maio. O exército brasileiro ocupou a comunidade da Vila Kennedy em uma espécie de laboratório contra a violência. #photojournalism #magnumphotos #viiphotos #noorimages #burnmagazine #borealcollective #jornalismo #vilakennedy #comunidade #fotojornalismo #fotoperiodismo #photojournalisme #everydaylatinamerica #everydaybrasil #picoftheday #thephotosociety #lensculture #natgeo #hanslucas #shootermag #icphotog #afpphoto #apphoto #ap #apimages #reuters #gettyimages #canon

293
6 days ago

Portrait of federal intervention in Rio de Janeiro during the month of May. The Brazilian army occupied the community of Vila Kennedy in a kind of laboratory. The solution was palliative. Little by little, the violence began to re-establish itself. . .Retrato da intervenção federal no Rio de Janeiro durante o mês de maio. O exército brasileiro ocupou a comunidade da Vila Kennedy em uma espécie de laboratório contra a violência. #photojournalism #magnumphotos #viiphotos #noorimages #burnmagazine #borealcollective #jornalismo #vilakennedy #comunidade #fotojornalismo #fotoperiodismo #photojournalisme #everydaylatinamerica #everydaybrasil #picoftheday #thephotosociety #lensculture #natgeo #hanslucas #shootermag #icphotog #afpphoto #apphoto #ap #apimages #reuters #gettyimages #canon

260